quarta-feira, 10 de julho de 2013

Conferência de Assistência Social consolidou gestão do SUAS

A 9ª Conferência Municipal de Assistência Social, aconteceu no dia 9 de julho, sexta-feira na Casa da Cultura com o tema “a gestão e o financiamento na efetivação do SUAS - Sistema Único de Assistência Social.
A mesa do evento foi composta pelo vice-prefeito Luiz Gustavo Pimenta, que é também o Secretário da Assistência Social; por Genival Ferreira de Miranda, presidente do Conselho Municipal de Assistência Social; pelos vereadores Cristina Reale e Leonardo Simões; pela assistente social Joyce Martinussi, representante dos trabalhadores; por Rosemeire do Patrocínio, representante dos usuários da assistência social e Irmã Eliane Alves dos Santos, da Paróquia São José, representando as entidades sociais. Também estavam presentes na ocasião os vereadores Hilário Ruiz, Luiz Salata, Marco Coca.
As assistentes sociais Edna Marques (diretora da Proteção Básica) e Adriana Rossi (diretora da Proteção Especial) explanaram sobre os seis eixos pertinentes ao tema. Posteriormente aconteceu a formação de grupos divididos por eixos temáticos, que deram inicio ao debate, possibilitando formular propostas e recomendações avaliativas de cada grupo que foram expostas à plenária no final dos trabalhos para deliberação.
Ao final do evento foram escolhidos quatro delegados para a Conferência Regional de Barretos que determinará a delegação que irá representar nossa região na IX Conferencia Estadual de Assistência Social que será realizada nos dias 1, 2 e 3 de outubro em Atibaia (SP), sendo representantes do Poder Público:  Maria Zilda dos Anjos e Diva Martins Arruda, e da Sociedade Civil: Genival Ferreira de Miranda e Marco Antonio dos Santos. São suplentes do Poder Público: Fernando Graciano da Silva e Andréia Bignarte Medeiros e da Sociedade Civil: Fabiana Cristina Medeiros e Amanda Abreu.
Segundo o presidente do CMAS, Genival Miranda, “a conferencia atingiu seu objetivo de forma tranquila”, ressaltou também a importância da participação de toda sociedade e elogiou a palestra que enfatizou a dificuldade, que ainda existe, em fazer as pessoas entenderem que a Assistência Social “é política pública e não caridade”. “A diversidade do país é grande e que, da mesma forma que no SUS (Sistema Único de Saúde), o SUAS serve para que se tenha um padrão de atendimento na área social, sendo, assim as conferências existem para avaliar e evoluir esse padrão, por isso as políticas sociais só pode ser construídas em parceria poder público e sociedade”.

Fonte: Imprensa Prefeitura de Olimpia